Você se inscreveu com sucesso em Blog | Zerezes
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a Blog | Zerezes
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
Sucesso! Suas informações de cobrança são atualizadas.
Falha na atualização das informações de faturamento.
Tratamentos antirreflexo: Como escolher?

Tratamentos antirreflexo: Como escolher?

. 3 minutos de leitura

Tratamentos antirreflexo: Como escolher?

Quem usa óculos de grau, com certeza já pediu o tratamento antirreflexo ao comprar novas lentes. Porém, o mercado vem oferecendo cada vez mais diversas variações de produtos, deixando o usuário muito indeciso na hora de escolher!

Existem produtos com as mais variadas ofertas: menos arranhões, mais fáceis de limpar, mais transparência, filtro para luz azul… mas será que esses diferenciais realmente compensam o investimento? Vale a pena investir um pouco mais em tratamentos melhores? A seguir, vamos abordar as principais características disponíveis nos tratamentos antirreflexo para te ajudar a definir melhor o perfil das suas lentes. Já as armações, você já pode ir namorando nesse outro link aqui 😉

Na hora de escolher o seu tratamento antirreflexo, considere principalmente os seguintes aspectos:

– Transparência – menos residual;

– Facilidade de limpeza – menos sujeira;

– Proteção contra arranhões – durabilidade;

– Filtro contra luz nociva azul.

Tratamentos antirreflexo são camadas aplicadas no corpo das lentes (e podem ser feitas em óculos não graduados também, como explicamos nesse outro post). Cada camada possui diferentes funções. Sem dúvidas existem outros aspectos técnicos que diferem um antirreflexo do outro, porém, para o usuário final, definir o nível de expectativa em relação a essas principais características ajudam a fazer uma escolha sem frustração e organizar seu pedido na hora de encomendar suas novas lentes.

Nível de Transparência:

Você já percebeu como existem algumas lentes bem mais transparentes do que outras, algumas aparentam ser praticamente invisíveis? Sim, existe bastante diferença entre os tratamentos antirreflexos neste quesito. Se o seu desejo é ter lentes transparentes  ao máximo, informe na hora da escolha das suas lentes, pois lentes muito básicas não são as opções mais transparentes.

Lentes menos sujas e mais fáceis de limpar:

Alguns tratamentos antirreflexo possuem camadas especiais capazes de repelir poeira, água, gordura, dentre outras sujidades. Desta forma, as lentes sujam menos que os tratamentos comuns e os vernizes especiais são bem mais escorregadios, facilitando bastante na hora da limpeza, pois oferecem menos atrito. Normalmente, pessoas que usam óculos com mais frequência se beneficiam muito dos tratamentos superiores neste quesito. Se ter lentes menos sujas e mais fáceis de limpar é o seu objetivo, informe essa opção na hora da escolha de suas lentes.

Menos arranhões, por favor:

Geralmente lentes com vernizes mais fáceis de limpar também arranham bem menos. Não somente pela resistência do próprio material, mas também pela necessidade de “esfregar” menos as lentes no momento da limpeza. Quanto menos atrito, menos chances de arranhões. Quem nunca sofreu com lentes antirreflexos super arranhadas ou com o tratamento aparentemente descamando? Sem dúvidas, nem o menos exigente dos usuários gostaria de lentes assim! Portanto, cuidado com lentes muito básicas, pois a durabilidade desses tratamentos antirreflexo é proporcionalmente menor.

As chamadas lentes “contra-luz azul” realmente funcionam?

Todo tratamento antirreflexo tem por princípio básico diminuir os reflexos aparentes e reduzir o desconforto provocado pelas luzes artificiais. Porém, nestas luzes existe um comprimento de luz azul nocivo ao olho e que provoca muita fadiga visual (espectro de 390 a 440 nm). Essa luz nociva está presente em diversas fontes de luzes artificiais, porém a exposição excessiva às telas do computador as torna ainda mais prejudiciais. Somente os tratamentos antirreflexos especiais para filtro e/ou bloqueio da luz azul são capazes de atuar sobre este espectro de luz. Diversos fabricantes oferecem produtos contra a luz azul. Fique atento ao nível de residual que cada um oferece, pois algumas marcas possuem o residual do filtro na superfície da lente um pouco mais acentuado que outras, enquanto outras são bem mais transparentes. Portanto, se o seu objetivo com as suas lentes de grau é o conforto real, não dispense as lentes para controle da luz azul.    

Sabendo qual o seu nível de expectativa em cada um desses quesitos ou dar prioridade naqueles que lhe são mais importantes ajudará o seu consultor a filtrar as melhores opções de lentes para lhe atender, além de deixar o seu processo de escolha mais simples e objetivo. Claro que, quanto mais benefícios o seu tratamento antirreflexo tiver, mais alto será o custo. Mas você irá se surpreender com a quantidade de produtos disponíveis no mercado com excelente custo-benefício! 

Como escolher o ideal pra você, dentre tantos tratamentos antirreflexo? Definindo aquelas características que são as mais importantes para você e escolhendo o nível de qualidade que você deseja para cada uma delas desenhará o produto ideal para seu conforto visual e qualidade de vida. 

E sim! Como dissemos neste post, a Zerezes agora também faz grau! E vai ser um prazer te auxiliar nesse processo todo ::)

Texto por Tais Adami

Técnica em Óptica – Registro COOERJ 19.18.1358-4