Você se inscreveu com sucesso em Blog | Zerezes
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a Blog | Zerezes
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
Sucesso! Suas informações de cobrança são atualizadas.
Falha na atualização das informações de faturamento.
Fashion Revolution Quer Saber: Você Sabe Quem Fez Suas Roupas?

Fashion Revolution Quer Saber: Você Sabe Quem Fez Suas Roupas?

. 2 minutos de leitura

Entre os dias 24 e 29 de abril acontece a Fashion Revolution Week, iniciativa do movimento global Fashion Revolution, responsável por questionar e exigir mais transparência das marcas e suas cadeias de produção, ao mesmo tempo que busca incentivar e conscientizar os consumidores de moda sobre as problemáticas da indústria da moda.

O movimento surgiu um ano após o desabamento do Rana Plaza, prédio comercial que era localizado na cidade de Dahka, em Bangladesh, onde operavam diversas confecções de costura. Em 24 de abril de 2013, o acidente matou mais de 1.100 pessoas e deixoumais de 2.500 pessoas feridas.

Talvez o mais trágico tenha sido o fato de os funcionários terem avisado no dia anterior sobre os perigos e rachaduras no prédio, mas os proprietários das confecções não permitirem a evacuação, inclusive trancando portas e saídas de emergência.  Nos escombros, etiquetas de marcas como Mango, Benetton, Primark, Walmart, e várias outras que terceirizam a sua produção para esses locais em busca da mão de obra barata e incentivos fiscais oferecidos pelos governos locais.

Entretanto, o Rana Plaza não foi o primeiro acidente em fábricas de roupas, pelo contrário, tempos antes um incêndio já havia deixado feridos e vítimas em outro prédio na cidade. Porém, foi um acontecimento grande demais para passar despercebido e foi a partir dele que a sociedade começou a se organizar, local e globalmente, para questionar os métodos de produção da moda hoje, pressionar as marcas e os governos por melhores condições.

A britânica Carry Somers  e a italiana Orsola de Castro se juntaram e criaram o Fashion Revolution como uma dessas iniciativas. O movimento cresceu e hoje está em mais de 90 países e 30 cidades pelo Brasil. Durante a Fashion Revolution Week são organizados vários eventos, online e offline, de conscientização e engajamento, envolvendo não só quem trabalha na área de moda, mas a sociedade como um todo.

Para participar presencialmente, você pode conferir a lista dos eventos que vão rolar pelo país por aqui. A programação no Rio de Janeiro está intensa, com diversos eventos espalhados pela cidade e muita coisa acontecendo na MALHA. Para os cariocas, o link é esse aqui.  Pela Internet, faça uma selfie vestindo uma roupa do avesso com a etiqueta aparecendo, publique nas suas redes sociais, de preferência Instagram, marque a marca da etiqueta na foto e questione #quemfezminhasroupas? e #fashionrevolution.

Colaborador: Marina Colerato

Modefica é uma plataforma de inspiração diária. Propomos reflexões profundas sobre como podemos ser seres humanos melhores, mais conscientes e aptos para impactar nossa comunidade de maneira positiva