Você se inscreveu com sucesso em Blog | Zerezes
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a Blog | Zerezes
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
Sucesso! Suas informações de cobrança são atualizadas.
Falha na atualização das informações de faturamento.
5 Dicas de Livros e Filmes Para Repensar Nossos Estilos de Vida

5 Dicas de Livros e Filmes Para Repensar Nossos Estilos de Vida

. 4 minutos de leitura

5 Dicas de Livros e Filmes para Repensar Estilos de Vida

Nós fortemente acreditamos que livros e filmes têm uma capacidade gigantesca de nos fazer abrir a mente para enxergar situações as quais não fazíamos ideia que existiam. Ou fazíamos, mas não dávamos a atenção merecida. O trabalho de escritores, jornalistas documentaristas, ativistas pode também nos ajudar a enxergar o mundo com outras lentes e até mesmo virar o entendimento sobre nosso papel no mundo do avesso.

De romances literários à documentários cândidos, a escrita e o cinema são duas ferramentas poderosas para disseminar informação, educar e incitar ações para mudança. É por isso que trazemos para vocês uma lista com os títulos mais interessantes que temos visto por ai, sobre os mais diversos assuntos, para nos ajudar ir além.

Okja (2017)

Dirigido por Bong Joon-Ho, o longa sul-coreano premiado em Cannes nos faz refletir sobre o poder do capitalismo e das grandes corporações, a dominação humana sobre a natureza e a transformação dos animais não-humanos em objetos, que os colocam a serviço do sistema econômico vigente sem qualquer tipo de pudor.

Francisco Russo em sua crítica para o AdoroCinema ressalta muito bem que “o alvo maior de Joon-Ho está no complexo mundo das aparências corporativas, onde absolutamente tudo tem valor de mercado, especialmente o jeito descolado de ser e posturas politicamente corretas. O mais importante não é de fato realizá-las, mas sim passar aos consumidores tal mensagem de forma que eles, cada vez mais, adquiram os produtos negociados, sejam eles quais forem. Uma ciranda maliciosa que, mais do que fazer, deseja convencer. Custe o que custar.”

Sob essa ótica, o filme também levanta o questionamento de como somos manipulados enquanto cidadãos e consumidores e nos ajuda a refletir sobre o quanto estamos corroborando com essa história na vida real.

Okja está disponível na Netflix.

Sem Logo (1999)

Naomi Klein é uma jornalista sensacional e autora de diversos livros importantes como Capitalism Versus Climate Change, Doutrina do Choque, e Cercas e Janelas. Escrito em 1999, Sem Logo, uma de suas publicações mais famosas, aborda a globalização da produção, a ascensão do marketing e como, por meio dele, as corporações passaram a fazer parte de nossas vidas sem nos darmos conta disso. O livro aborda também a precarização do trabalho nos Estados Unidos e na Ásia sob o pretexto de “crescimento econômico e mais oportunidades para todos”.

O livro mais recente da autora foi lançado esse ano. No Is Not Enough: Defeating the New Shock Politics é uma mistura de seus escritos anteriores para explicar e sugerir medidas de combate contra a atmosfera de caos e desestabilidade em vigor nos EUA de Donald Trump. Naomi é afiada, crítica, experiente e muito inteligente, o que torna até mesmo seus escritos mais antigos muito atuais e relevantes.

Sem Logo está esgotado na editora, mas pode ser encontrado no Estante Virtual e na Amazon.

Mulheres, Raça e Classe (1981)

Lançado em português em 2016, o livro é um clássico da escritora feminista e ativista negra Angela Davis. Mulheres, Raça e Classe preza pela interseccionalidade dos movimentos sociais, ou seja, entender as diferentes opressões sem hierarquizá-las. Esse trabalho da ativista conta com análises sobre escravidão, encarceramento em massa da população negra, estupro, aborto, direitos reprodutivos e trabalho doméstico, tendo sempre a mulher negra no centro das discussões.

Os escritos de Davis são muito ricos em informação, com grande complexidade teórica, mas a autora tem uma capacidade singular de expor sua visão e os fatos de maneira bem simples, direta e de fácil entendimento.  Para quem gostar, a dica é continuar a leitura com Mulheres, Cultura e Política.

Mulheres, Raça e Classe está à venda em todas as livrarias.  

What The Health (2017)

O documentário mais recente de Kip Anderson, conhecido pelo mundialmente famoso Cowspiracy, mostra o lobby e o poder da indústria alimentícia para continuar recebendo incentivos para produzir e vender alimentos que deixam a população mais doente, gerando gastos estrondosos com a saúde com dinheiro dos cofres públicos.  

Com toques cômicos de “rir pra não chorar”, What The Health é um documentário investigativo que, por uma outra ótica, aborda as mesmas questões de Okja: o poder das corporações no sistema operante. O diretor também mostra dados e pesquisas que mostram a necessidade de realinharmos a nossa alimentação para o bem de nós mesmo.

What The Health está disponível na Netflix.

The True Cost (2015)

Qual custo de um produto de moda muito barato? Custos humanos e ambientais se escondem por trás dos nossos produtos baratos de todo o dia. Esse é o tema de um dos mais importantes documentários para pensar moda e sustentabilidade. Gravado após o desastre do Rana Plaza, em Bangladesh, The True Cost se tornou um dos maiores disseminadores da realidade por trás das nossas roupas. “A indústria do vestuário é a indústria mais dependente do trabalho humano no mundo, empregando milhões de trabalhadores que são os mais pobres de todo o sistema, muitos dos quais são mulheres. Muitas destas mulheres recebem menos do que um salário mínimo, trabalham em condições inseguras, e são privadas de direitos humanos básicos. Além do impacto humano, a moda se tornou a segunda indústria mais poluente do mundo – perdendo apenas para a indústria do petróleo”, lembra Andrew Morgan, o diretor por trás do documentário.

The True Cost está disponível online.

Tem mais dicas? Deixa nos comentários!

*As dicas e links aqui foram só para esquentar o debate. Deixa suas dicas nos comentários sobre filmes, livros, sites que tratam do tema para irmos além.

Colaborador: Marina Colerato

Modefica é uma plataforma de inspiração diária. Propomos reflexões profundas sobre como podemos ser seres humanos melhores, mais conscientes e aptos para impactar nossa comunidade de maneira positiva